segunda-feira, 6 de agosto de 2018

O Estilo da Personagem Luzia (Ariella) da Novela Segundo Sol

A novela das 9, Segundo Sol, da rede Globo teve início em maio desse ano e está fazendo muito sucesso. A história se passa na capital da Bahia , Salvador, e mostra  um pouco da cultura e estilo dos soteropolitanos. Vou falar um pouco do estilo de algumas personagens da novela. E para começar, falarei do visual da protagonista Luzia (Ariella), a ex-marisqueira que teve sua vida arruinada pelas vilãs Karola e Laureta , mas que volta 18 anos depois sob a identidade da DJ Ariella para reconquistar o  amor dos filhos e conseguir provar a sua inocência.


A sofrida personagem de Giovanna Antonelli, Luzia (Ariella), vivia na fictícia ilha de Boiporã quando conheceu o mocinho da novela, o cantor de axé Beto Falcão ( que usa o nome Miguel ). Desde então, a vida da ex-marisqueira deu uma reviravolta, pois foi se apaixonar justamente pelo ex-namorado da pistoleira Karola  (Deborah Secco) - dai ela comeu o pão que o diabo  amassou  nas mãos de Karola e sua amiga Laureta (Adriana Esteves). Foi acusada de assassinato e condenada injustamente. Fugiu da cadeia e com a ajuda  do seu amigo Groa, foi para a Islândia e lá assumiu a identidade de Ariella. Passados 18 anos, a personagem volta  com o visual totalmente repaginado e como uma DJ descolada e cheia de estilo.


O antes e depois da personagem Luzia

Visual chique e moderno

Luzia e seus filhos Manuela e Ícaro

O preto é uma das cores favoritas de Luzia/Ariella

Na primeira fase da novela, a equipe de figurinistas decidiu não ousar no visual da protagonista Luzia , já que a personagem era uma marisqueira simples,  que vivia na beira da praia. Nessa época, Luzia usava  os cabelos compridos e ondulados castanhos. Geralmente ela usava roupas de tecidos leves , muitas vezes estampados. Ela usava muita blusinha estampada, saias esvoaçantes, shorts jeans, blusinhas e vestidos de alças finas. A moça também não usava maquiagem.



Luzia usava blusinhas com decote ombro a ombro

O casal protagonista da novela, Luzia e Beto Falcão
Visual praiano da mãe de Ícaro e Manu

Vestido bem fresquinho pra enfrentar o calorão

O visual da protagonista era bem simples no início da novela

Qual visual você prefere?

Na segunda fase da novela, quando Luzia se torna a DJ Ariella, a equipe de caracterização pôde deixar a imaginação fluir . " Criei um figurino mais " street " para a personagem, porque ela é moderna, veio da Islândia, e também para aproximá-la da filha, que se veste nesse estilo ", fala a figurinista Helena Gastal  - e ela completa : " O visual dela foi pensado para ser o de uma mulher moderna e antenada. Pesquisamos o visual de várias DJs e experimentamos diferentes peças na Giovanna, até chegarmos ao resultado que mais se adequou a ela ".


Visual mais urbano, moderno

Luzia/  Ariella adora usar roupas de couro e de tecidos transparentes

A pintura ao redor dos olhos não disfarça muito, né? rs
Alguns brilhos também aparecem nas  roupas que ela usa em suas apresentações como DJ
Luzia incorporou o uso de coletes na sua nova fase

Ela também usa bastante peças  de malha

Com a filha Manu

Reencontro com Beto 

Visual oposto do anterior

Na caracterização, Fernando Torquatto optou por mudar radicalmente o cabelo da personagem, que passa do ondulado comprido em tom castanho  para um cabelo descolorido, com as pontas bem claras na altura do ombro, num corte chamado " blunt cut ".  " Aproveitamos a raiz natural de Giovanna e fizemos um degradê de tons até chegar a um loiro bem branco nas pontas . A finalização do corte é bem bagunçado, para mostrar a vivência dela na Europa, e um estilo mais cool, que também tem a ver com o universo musical ", define Torquatto.


Modernex

A raiz escura dá um contraste legal com o restante do cabelo, um loiro bem claro
Os colares da personagem chamam bastante atenção

 A DJ Ariella (Luzia) adora cores neutras, principalmente o preto, o cinza e o branco . Ela também adora usar lingerie aparente com alfaiataria mais clássica , colares justinhos, anéis grandes e brilhosos etc ...
Durante o dia, Luzia usa roupas mais despojadas, tipo regatas e tops de malha com sutiãs de renda por baixo, calças jeans, jaquetas jeans e de sarja, coletes etc. Ja à noite ela usa peças mais  ousadas e sensuais . Ela adora peças de couro ( como jaquetas , calças, tops ), vinil, tecidos transparentes e brilhosos, muitos decotes, que são arrematados por acessórios marcantes.


Visual todo brilhoso para a balada

Alfaiataria da boa !
Visual para o dia-a-dia
Olha que jeito diferente de se usar uma jaqueta de  couro

Vários acessórios num único look : bandana, brincão de crucifixo, colar ...

As jaquetas de sarja são bastante usadas por Ariella
Acessórios mil e o esmalte roxo
Visual mais básico

A maquiagem da personagem também se destaca. Ela usa os olhos pintados com lápis preto por dentro e uma máscara de cílios mais intensa. O olho fica meio borrado, com uma pegada meio rock, que dá um tom de mistério . Nas unhas, ela costuma usar cores escuras. Durante os shows, a personagem aparece com alguns desenhos geométricos pintados de preto em volta dos olhos, tipo adesivos, como recurso para não ser reconhecida ( o que não funcionou muito rsrs ).

A atriz Giovanna Antonelli costuma dar sugestões sobre seu figurino : " Gosto de dar palpites no figurino. Ele faz parte da minha construção e preciso da vestimenta para dar vida às personagens. Além disso, adoro moda ".
E como sempre acontece, os itens que Giovanna usa na novela são bastante requisitados pelos telespectadores. Entre os itens mais pedidos estão os acessórios como os colares, anéis e pulseiras, além do esmalte roxo berinjela que a personagem usa.


Esse brinco da Ariella foi muito pedido no CAT  da Globo pelas telespectadores 

Brinco show !

Que cor massa a desse esmalte !!!

Esmalte da Gio

Colares

Colares e óculos moderninho 
Mais uma vez  um look total black ! sshow !!!

O básico de Luzia

Confortável

Top lacrador; supersexy

Esse brinco usado pela personagem chamou bastante atenção, olha só como é diferente!

As roupas usadas pela personagem são todos usáveis e intercambiáveis, podendo ser usadas em várias ocasiões , tanto de dia quanto de noite, pois o estilo dela é ao mesmo tempo moderno, urbano, descolado, chique e sensual. Então, inspire-se no visual de Ariella ou Luzia e divirta-se !!!

Então é isso. Espero que tenham gostado do post ! Os próximos visuais que falarei são das vilãs da novela Karola ( Deborah Secco ) e Laureta ( Adriana Esteves ).



Até a próxima !!!



Referências :

http://www.ofuxico.com.br/noticias-sobre-famosos/segundo-sol-saiba-tudo-sobre-figurino-e-caracterizacao/2018/05/14-319802.html
https://www.lilianpacce.com.br/moda/celebridades-moda-home/nova-fase-novo-look-transformacao-de-giovanna-antonelli-em-segundo-sol/




terça-feira, 17 de julho de 2018

A moda na Rússia ( The Russian Fashion )

Este ano o maior país do mundo está evidência. Todos os olhos do mundo estão voltados para a Rússia por ela estar sediando a Copa do Mundo de futebol. Mas nesse post falarei de um tema não muito abordado em relação ao país, a moda russa. Muito estereotipada pelo clima, pelos czares, pelo comunismo, a Rússia é muito mais do que  isso. Vamos então conhecer  um pouco da moda no país???



A moda russa em si é muito jovem,  mas seus trajes tradicionais e belos trabalhos de bordados muito influenciaram a moda européia, e agora  a moda vem, de fato, despontando no país. Mas o desenvolvimento da moda na Rússia está muito associada à política e economia do país, então antes de falar da moda atual em si, vamos voltar um pouco no túnel do tempo e recontar a história do país.
Acontecimentos como a Primeira Guerra Mundial, o fim do Império e a Nova Política Econômica também se refletiam na vida cotidiana e estilo dos russos. Dentro de um curto espaço de tempo, cerca de 20 anos, a moda da Rússia passou por uma revolução de 360 graus: silhuetas refinadas e  os chapéus elegantes foram substituídos por casacos e lenços que mortificavam a feminilidade.
Na Belle Époque ( final do século XIX e inicio dos XX ), predominava na Rússia e na Europa o ideal de mulher-flor, etérea e frágil. Estofamentos especiais nos seios e nos ombros eram combinados com espartilhos, que apertavam a cintura para criar um efeito de "  ampulheta ", enquanto saias em forma  de sino terminavam em uma longa cauda.
As cores utilizadas eram predominantemente pastéis. As mulheres usavam pó de arroz para reforçar a palidez da pele, e os penteados levantados eram cobertos por chapéus pesados.


Belle Époque 

A inspiração veio da moda ocidental

A cintura marcada e saia em forma de sino marcaram a silhueta feminina nessa época

Mas as russas sempre gostaram de por mais bordados e cores nas roupas

Os vestidos de corte refinado ostentavam enfeites discretos e elegantes, e geralmente pareciam mais adornados  do que os vestidos das mulheres ocidentais da época.
A moda russa de então marcou também o retorno de motivos antigos  , e por isso, os laços de linho feitos à mão estavam em grande demanda.
Nos anos anteriores à Primeira Guerra Mundial, as roupas foram se tornando exóticas, e a Rússia despontou como lançadora de tendências no mercado europeu. As temporadas dos Ballets Russes organizadas em Paris, se destacavam não apenas por sua coreografia , mas também  pelos trajes desenhados por Leon Bakst, Aleksandr Benois e Nicholas Roerich.
O estilo " ocidental à russa ' herdou da veste tradicional do país não só o fechamento diagonal e o bordado ornamental, mas também as variações do chapéu " kokochnik". Mais tarde , essa  tendência ajudaria as nobres mulheres emigrantes a se adaptarem no exterior : casas de moda no estilo russo brotaram por toda a Europa, e belas aristocratas russas em  exílio se  tornariam  as principais modelos para Coco Chanel, Jeanne Lanvin, Paul Poiret e outros estilistas famosos.


A dança inspirando a moda

Sucesso em Paris

O início da  emancipação feminina 

Ballet Russes

Reparem nos detalhes do chapéu

Inspiração nos antigos trajes tradicionais russos


Os estilistas franceses se inspiraram bastante nos Ballet Russes para criarem suas coleções

A cintura já não estava tão marcada

O Oriente inspirando o Ocidente

Dancing
O progresso tecnológico tambem afetou a moda da década de 1910. As saias tornaram-se cada vez mais curtas, e os chapéus menores para  facilitar a entrada e saída das mulheres dos carros. Os figurinos dos homens também estavam  em transformação , com  o surgimento de camisas coloridas, calças tipo bombacha, chapéu Panamá e  quepes.
A guerra trouxe  consigo a simplicidade no estilo e uma onda de humor patriótico , levando muitas pessoas da elite a comprar  roupas produzidas localmente no país. A roupa  das mulheres começaram a assemelhar a uniformes militares e dos estudantes e  professoras.
Trajes acinturados e vestidos simples ficaram em voga, as encurtaram ainda mais, e os chapéus se tornaram menos extravagantes. As mulheres deixaram de usar o  espartilho  e passaram a exibir cabelos cada vez mais  curtos.
As mulheres também usavam camisas militares masculinas. O lenço  vermelho  passou a ser símbolo da emancipação feminina: as mulheres o  amarravam na parte de trás da cabeça e não  debaixo do queixo, como era tradicional.
Os homens e as mulheres que pertenciam à organização juvenil comunista Komsomol usavam jaquetas baseadas nos uniformes do movimento semelhante alemão Roter Jungsturm. Essas jaquetas, com gola para baixo e bolso improvisado, eram produzidas em tom verde claro, com amarrações na cintura e ao redor dos ombros.
A famosa estilista pré-revolucionária Nadejda Lamanova propôs ao então ministro soviético da cultura , Anatóli Lunatccharski, criar um ateliê de moda contemporânea. As  autoridades soviéticas perceberam que controlar a forma como as pessoas vestiam era essencial para formar a ideologia "correta" . 
Lamanova teve que desenvolver a moda para trabalhadores e camponeses praticamente do nada, usando lenços e toalhas de mesa, entre outros itens do dia-a-dia. Apesar das dificuldades da época, a estilista foi capaz de criar uma coleção que venceu o Grande Prêmio na Exposição Internacional de Paris em  11925.
As roupas da  moda, porém, permaneceram inacessíveis ao povo soviético até depois de 1936 , quando foram suspensas as restrições à venda de têxteis. Antes disso, as  pessoas tinham que fazer reparos, reutilizar roupas velhas,  ou produzir qualquer peça com os materiais que estavam à sua disposição.
Com o advento da Nova Política Econômica, na década de 20, o colapso econômico foi substituído  por anos  de abundância. Os empresários começaram a importar roupas da Europa, e a moda soviética adotou as invenções ocidentais dos" anos loucos " : ternos marengo, botões de feltro, calças Oxford, vestidos de cintura baixa e colares de pérolas. Além  disso, os seguidores mais fervorosos da moda copiavam o estilo das estrelas de cinema.
Em 1920 foi fundada a escola VKhutemas ( sigla para Estúdios de Arte do Estado ), que funcionou até 1932, e estabeleceu as bases para as décadas seguintes  do design soviético : o estilo da " multidão cinza ", como é hoje conhecido.

No período da guerra as mulheres tiveram que assumir o trabalho nas fábricas

Elegância em linhas mais comedidas que outrora

Os trajes militares inspiraram a moda tanto no shape quanto nas cores

Figurino do ballet

Traje tradicional

Spasiba

Mais uma vez trajes tradicionais inspirando

Garota russa 

Os trajes de estudantes também inspiraram ...

Editorial russo

Dando um salto em algumas décadas , a moda russa vem evoluindo  ...

Um momento de jovens e poderosas mulheres russa emerge para impactar, principalmente, a indústria da moda. As  fashionistas do país, que incluem a trendsetter Ulyana Sergeenko, a jornalista Miroslava Duma e a diretora  de moda da revista Tatller Russa, Anya Ziourova, estão deixando a sua marca na história da moda da Rússia. " Houve 70 anos de nada em nosso país, e as pessoas a ganhar muito dinheiro do petróleo, o  que começou a gerar um  grande interesse na moda " , explica Miroslava Duma.
Cresce, portanto, a procura pelas  marcas de luxo do mundo. A sede pelo consumo do luxo é intensa e chega a ultrapassar das brasileiras e chineses . " Fomos um país fechado por muito tempo, então, no começo, parecíamos crianças numa loja  de doces . Queríamos tudo ao mesmo tempo " , compara Anya Ziourova.
Tal sofisticação não  se restringe apenas às  marcas de fora. Além de importar grandes grifes, a Rússia exporta talentos incríveis, como a própria Ulyaana Sergeenko. Dona da marca homônima, a russa chegou a apresentar sua última coleção durante a  programação da Semana de Alta Costura , um dos mais tradicionais eventos de Paris.
Para os habitantes que não pensam em se deslocar  para prestigiar os talentos  nacionais, a Rússia é um prato cheio quando o assunto  é eventos de moda. Só na capital, as concorrentes Volvo Fashion Week Moscow e a Mercedes-Benz Fashion Week Rússia reúnem um amplo público de criadores e entusiastas da moda  duas vezes ao ano. Outros destaques incluem  a Semana Desfile Neva, a Siberian Fashion Week e a Aurora Fashion Week ( muito semelhante à nossa Casa dos Criadores ).
Apesar das conquistas e da visibilidade, o mercado  de moda russo ainda é jovem. " As casas de moda da Rússia são  unidades comerciais específicas. Como regra, são do tipo ateliê", define Alexander Shumsky, produtor-geral da Mercedes-Benz Fashion Week Rússia ." Poucas marcas  estão engajadas na produção e preferem trabalhar no desenvolvimento das peças únicas para uma clientela exclusiva. É por isso  que os primeiros convidados dos desfiles são clientes, familiares e amigos do designer , e não a imprensa e lojistas.  Geralmente, o estilista que participam da semana de moda não produzem em larga escala, pelo simples motivo de não serem experientes o suficiente e não estarem  preparados para a produção. Fazer uma coleção é  difícil, mas o resto do processo é ainda  mais ... ", conclui Shumsky. Mas a nova geração não ficará atrás por muito tempo.


Releituras e inspirações ...

Garotas russas

Inverno colorido

Não passe frio, fique quentinha, mas com estilo

Garota com traje  tradicional. Ao fundo, matrioskas

Na Rússia também tem verão

A ornamentação da moda russa

Releitura de traje tradicional , direto para as passarelas

Black too

Traditional

Uma farda fashion

Inverno poderoso , cheio de cor

Alguns nomes da moda russa : Miroslava Duma, Ulyana Sergeenko, Anya Zuourova, Elena Perminova, Natasha Poly, Slava  Zaitserv, Alena Akmadullino, Tatyana Parfionova, Artur Lomakin, Alexander Shabanov, Alibeck Arinov e Vadim Fedyshin.



O Estilo das Russas

As mulheres russas se vestem de um jeito bastante peculiar, bem diferente das brasileiras, é verdade, mas não  há como negar que esse estilo é incrível e cheio de personalidade. Seu  jeito de vestir é bem sensual, com roupas e acessórios que fazem com que elas estejam lindas, não importa qual seja a ocasião.
A Rússia é um lugar superfrio, e  quando chega o inverno, o frio é de lascar. No inverno , a temperatura pode chegar até menos 67° C . Por isso, a moda feminina que as mulheres russas adotam durante o inverno consiste em roupas o mais quente possíveis, como aquelas blusas bem pesadas , revestidas com lã  e tecidos de pelinhos, que  são bem confortáveis .
As russas são craques em sobrepor peças, pois muitas vezes é possível usar várias blusas para sair às ruas. Nas pernas, as calças são superquentes, enquanto os  pés contam com botas de  saltos quentes, para  ajudar a esquentar.


Peças quentinhas e estilosas

Bordados mil

Fashionista

A colegial russa

Passando frio com estilo

Chiqueria russa
O  xale é uma peça bastante usada na Rússia

Não pode faltar um salto

Traditional 2

Vestido fresquinho pra usar no calor

Sua metrópole, Moscou, é considerada uma das grandes metrópoles da Europa e, por lá muitas mulheres exibem combinações de looks superestilosos com sobreposições para driblar o frio. 
As russas são conhecidas por sua elegância e por estarem sempre antenadas no mundo fashion. Elas exibem propostas coloridas mesmo nas baixas temperaturas... Peças como trenchcoats e casacos alongados são as principais referências para as mulheres, e a combinação com as botas pode ser ainda mais certeira, já que o assunto é se manter aquecida.


Streetstyle russo

Look com pegada rocker

A estilosa Miroslava Duma

Fashion friends

Love it !

As russas amam

Se inspire nas russas

Look 10 !
Chiqueria  na moda soviética

As russas amam botas

As russas exibem um show de estilo também no quesito cores: peças coloridas em tons vibrantes quebram aparentemente o clima frio e trazem um colorido às russas, uma ótima pedida para ser copiada. Para quem prefere as tonalidades neutras nas peças maiores, a opção de deixar o ponto de cor no look por conta dos acessórios é válida, e funciona muito bem. Bolsas, echarpes em apenas um detalhe, os tons coloridos prometem agradar.


Tragam cores pra escuridão do inverno!

Inspirações para invernos rigorosos

As saias longas são bastante apreciadas pelas russas

Linda imagem

Putz, que look maravilhoso !

Mais cores e bordados
Opções de casacos retos, sem marcar a cintura

Miroslava Duma again superfashion

Será que ela pensou no Brasil ao montar essa produção ???

Garota de estilo 1

Muita gente não sabe, mas faz calor na Rússia, podendo chegar até os 30°C em outras  regiões russas, como São Petersburgo, por exemplo, shorts, saias e vestidos justos são superpopulares na moda feminina na Rússia, já que valorizam ainda mais a sua beleza natural . Por isso, as ruas russas parecem com verdadeiros desfiles de moda.
Um detalhe marcante é que as mulheres russas usam muito mais saltos do que em outras regiões da Europa e de todo o mundo. Lá eles não são considerados calçados para ocasiões especiais e podem ser vistos em todo lugar. Por outro lado, os tênis de corrida são vistos com outros olhos, e utilizados apenas para a prática de esportes e exercícios físicos,limpeza de jardins  e caminhadas casuais.


Brasil ???? não, é a Rússia

Leveza no verão

Tradicional

Look russo-mexicano

Os  lenços são itens que fazem parte da história da moda russa

Um quê de Courréges

Lindo traje !

Look ideal para  ser copiado

Dá  pra andar com os braços de fora no verão

Estilosa

Sandálias não são muito populares. Lá existem diversas praias, mas  a maioria delas é coberta por grama, já que estão localizadas às margens de rios próximos  a lagos. Portanto, as sandálias estão  fora de moda. Além disso, a temporada de calor é curta. Para as mulheres de uma grande cidade russa, o melhor tipo de calçados quando o tempo está quente seriam os sapatos baixos , do tipo sapatilhas, mocassins e sapatos de verão, mas não sandálias. Para os homens, mocassins e sapatos de verão.
As botas Ugg, que conquistaram o mundo, possuem diversos admiradores também na Rússia, mas são encaradas apenas como modelos  para o inverno.

Botas e sapatos baixos são os calçados favoritos na Rússia

Fashionist

Elegância

Autêntica  !!!

Sandália ????

Olha, mais uma sandália

Tênis modernex

Look neutro-chic

As temidas botas Ugg

Here again

As russas adoram chapéus, mas são diferentes dos usados no Brasil. Enquanto por aqui é usado muitas vezes para proteger dos raios solares, na Rússia a  função principal é proteger contra o frio intenso, que costumam ser fofinhos  e  macios.
O Ushanka é um chapéu típico da moda feminina russa ( e também masculina ) que se parece um pouco com uma touca, que também cobre as orelhas.


Chapéu tradicional russo, o Kokochnik

Proteja-se do frio

Modelo ideal para proteger do frio

Ushanka

Old times ...

Look nota 1000 !!!

Chique até dizer chega !

Detalhes no chapéu que não tem como não serem percebidos

A modelo ficou linda com esse kokochnik


Abaixo, mais algumas imagens da moda e estilo russos :

Vestido bem leve e delicado

Miroslava Duma again 

O xale deu um "'tchan"" no visual da garota

Rússia ; pé no Oriente, um  pé no Ocidente

Basic

AAiii que frio !!!

Simple Chic

Wow !!!!!

Tradicional

Rainha russa

Work in Rússia

Que belo !

O lenço

A delicadeza russa

Uma curiosidade :

Para ir a um evento numa igreja ortodoxa, existem algumas regrinhas : nada de decotes, use roupas modestas e sapatos confortáveis. É bom usar véu ou um lenço sobre os cabelos, e, NUNCA dê as costas para o altar.

Então vou ficando por aqui. Espero que tenham gostado do post !!!

Até a próxima !!!




Referências :

Revista Catarina - edição 33

https://br.rbth.com/arte/moda/2017/06/17/a-moda-da-revolucao-ou-a-revolucao-da-moda_778465
http://www.blog.bijousofia.com/moda-feminina-russa/



Postagens populares